Restaurante El Negro Lago Sul

por

Oi pessoal! Como foram de fim de semana?
O meu foi ótimo! 🙂

No sábado fui com meu marido e meus pais conhecer a nova unidade do restaurante El Negro. Pra quem não conhece, o primeiro fica na 413 Norte. É um restaurante que gostamos muito. Tem carnes ótimas, acompanhamentos muito bons, sobremesas incríveis, lugar aconchegante e bom atendimento. E com essas qualidades na cabeça, lá fomos nós conhecer a novíssima casa que abriu na QI 17 do Lago Sul no início desse mês.

elnegro
(Fachada da unidade Lago Sul – Foto do site Comer, Beber & Tal de Karine Mariath)

Chegamos era umas 21h e fomos muito bem recepcionados por uma hostess muito educada que nos encaminhou para nossa mesa. O restaurante estava vazio, havia muitas mesas disponíveis. Mas era por conta do horário, pois logo foi enchendo. A decoração interna está lindíssima, de muito bom gosto. Tem ar-condicionado até próximo da churrasqueira e no ambiente da mesma, há um vidro onde podemos ver os “parrilleiros” trabalhando. O garçom que nos atendeu foi muito atencioso e prestativo.

foto (1)

Logo depois de pedirmos as bebidas (eu pedi um Kir Royal (R$ 10,00) que estava bem gostoso), o garçom não nos ofereceu couvert (já achei um erro) apesar de sabermos que tem. Optamos por empanadas argentinas de carne suave. Não tirei foto pra mostrar, mas estavam uma delícia. Depois, fomos para o prato principal: meus pais pediram picanha com arroz negro e farofa de ovos de acompanhamento e eu e meu marido pedimos o tradicional bife de chorizo (R$ 79,00 de 300g) com o famoso arroz parrillero de acompanhamento. Os pedidos não demoraram muito, mas notamos que tanto a carne quanto os acompanhamentos são diferentes da unidade da Asa Norte. O arroz parrilero da Asa Norte é molhadinho e com muitos ingredientes. Um dos ingredientes dessa receita, é a linguiça e no nosso não vi nenhum pedacinho. Tava um arroz comum com batata palha! Muito sem graça… O bife de chorizo também estava ressecado e muito fino, nada comparável a um bife de chorizo argentino que geralmente são suculentos e bem servidos. Achamos estranho… Depois que terminamos, meu marido comentou com o gerente e o mesmo agradeceu a observação que fizemos, na verdade uma crítica construtiva. Pois adoramos o El Negro da Asa Norte e o do Lago Sul por ser o mesmo restaurante não deve ser diferente. Comparações sempre existem.

elnegro1

Enfim, feitas essas observações partimos pra sobremesa. Dividimos a tradicional panqueca de doce de leite com sorvete de creme. Fantástica!!! De lamber os beiços e pedir pra repetir… Que sobremesa mais gostosa! <3 Só achamos pequena… Em outras steak houses e casas de parrilla sempre são 2 unidades da panqueca, lá é apenas 1. Dá pra uma pessoa e o preço não é dos melhores (R$ 21,00). E pra finalizar, meu pai pediu um café espresso que acompanha mini-alfajores, coisa mais fofa do mundo, e muito gostosinhos também.

foto

Resumo: recomendo o restaurante que inclusive foi premiado pela revista Veja Comer & Beber Brasília 2014. Como a unidade do Lago Sul é nova, tem tudo para se aprimorar e dar certo no bairro mais nobre de nossa capital federal. El Negro já é um sucesso! Vá conhecer e depois me conte aqui.

0 Respostas
  • face alba portela
    dezembro 17, 2015

    vai ter sei de natal no restaurante

O que você acha?! Conta pra mim!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *