Denize em Buenos Aires – O que fiz e onde comi

por

E vamos lá para o terceiro e último post sobre essa viagem deliciosa que fiz para a capital portenha. 🙂

Que Buenos Aires é uma cidade cultural cheia de coisas legais pra fazer, todo mundo sabe. Pra comer então, nem se fala! #adeusdieta As melhores e mais macias carnes assim como os melhores alfajores do mundo são encontrados na cidade. Dessa vez não foi diferente: fiz muitos passeios legais e comi em lugares ótimos para indicar para vocês.

Como nosso voo chegou em Buenos Aires ainda bem cedo, deu pra programar o almoço num lugar bem legal. Eu conheci ano passado com meus pais e irmãos, o restaurante El Mirasol de La Recova. É um restaurante muito bem localizado e era próximo do nosso hotel, como estávamos caminhando pela Av. 9 de Julio, acabamos indo a pé. Quis levar meu marido para conhecer e a reação dele não me surpreendeu: a-do-rou! 🙂 No menu tem de tudo! Carnes argentinas (dezenas de cortes), vinhos dos mais variados países, um couvert muito bom, ambiente agradável e garçons muito educados. Fora a localização! No site deles vocês encontram demais informações. Abaixo, foto do nosso prato, de salivar, né? Pedimos bife de chorizo com batatas espanholas. Pra acompanhar, meu marido pediu cerveja Quilmes e eu fui de Chandon rosé, delícia! Ah, e os preços não são uma facada! Valores justos onde se come e bebe muito bem… Recomendo!

IMG_0606

Se você quiser conhecer a música e a dança típica da Argentina, há tangos para todos os gostos e bolsos. Eu já conheço uns 4 diferentes e cada um tem sua particularidade. Dessa vez, fomos conhecer o Sabor a Tango. A maioria desses shows inclui jantar e o show, mas dessa vez estava incluso apenas o show. Mas pedimos uma garrafa de vinho argentino e empanadas de carne para acompanhar. Recomendo! O show é muito bonito num teatro antigo e bem preservado, mas achei afastado e como fomos de táxi, saímos antes do show terminar para não corrermos o risco de ficar na rua, acho perigoso.

IMG_0617
IMG_1072
(O teatro é lindo e estava lotado!)
IMG_1073
(Pedimos vinho e empanadas, hmmmmmm…)

Na saída do show de tango, foi bem fácil arrumar táxi. No site deles (citei acima), vocês conseguem todas as informações, endereços e etc. 😉 Vale a pena!

No segundo dia, pegamos o tal Buenos Aires Bus (falei no primeiro post) de manhã e no meio do caminho, me lembrei do famosíssimo Cafe Tortoni. Achei WiFi na rua (viva!) e catei o endereço do Tortoni e adivinha? Estava pertinho da gente, oba! 😀 Fomos caminhando dois quarteirões e almoçamos por lá. Que lugar LINDO! Fachada simples mas quando entramos, lotado! Garçom educado, cardápio recheado de delícias rápidas e pratos mais elaborados, ambiente acolhedor. Como a gente não queria demorar pois o passeio do tal ônibus só estava começando, pedimos um lanche: fomos de misto quente Tortoni e pedi um cappuccino gelado pois estava um calorão! Uma delícia! Tirei algumas fotos…

IMG_0679
IMG_0685
(Salivando com esse lanche delicioso!)
IMG_1074
(Todo mundo tira foto desse teto maravilhoso de vitrais!)
IMG_1079

No Cafe Tortoni também há shows de tango todas as noites numa sala pequena e aconchegante. Fui tirar uma foto lá rapidinho!

Nesse mesmo dia à noite, eu estava LOUCA para ir a um show, se é que pode-se assim chamar, que eu pesquisei na internet e achei o máximo, o Fuerza Bruta. Trata-se de um show/apresentação que mistura tudo: dança, circo, música, equilibristas, loucuras, água, vento, batucada, rave, hahaha… É muito doido! Convenci o marido e fomos. Inclusive fomos a pé pois também era bem próximo ao hotel na Recoleta. Pode entrar crianças e idosos. O show tem duração de pouco mais de 1 hora e a platéia não senta, fica todo mundo em pé. E as coisas vão acontecendo… Água cai, ventania do nada, música do outro lado, cortinas descem do outro, tudo junto e misturado, super dinâmico, uma equipe nota 10! Eu ADOREI! Meu marido já nem tanto… Fiquei sabendo que ano em 2015 eles farão temporada aqui pelo Brasil, ainda não sei as cidades. Mas fiquem ligados no site deles e se tiverem a oportunidade, não percam! É muito, muito diferente de tudo que já vi. O gran finale é massa! A galera vai à loucura… 😉

fuerzabruta
(Fuerza Bruta: eu achei o máximo!!!) Já conhecem? Joga no Youtube!

Saindo do show, fomos comer no Hard Rock Cafe Buenos Aires. Eu estava com vontade de comer hambúrguer e assim fizemos. O HRC de lá é como todos os outros: muitos sanduíches e música alta. Tinha até um DJ e nosso garçom, muito simpático, arriscava no português pois tinha morado cinco meses no Rio de Janeiro. Boa comida e preço ótimo num ambiente divertido. Sempre gostei do Hard Rock Cafe!

IMG_0818

No sábado já sem idéia do que fazer, fomos passear pelas ruas ao redor do hotel. Entre ruas conhecidas como a Callao e a Posadas, joguei no Google e descobri um restaurante onde fazem as mais gostosas e famosas empanadas de Buenos Aires. #amoempanadas Trata-se do tradicional El Sanjuanino. Há 50 anos fazendo empanadas dos mais variados sabores, o restaurante é muito frequentado por brasileiros e turistas em geral. Super simples! Quem olha por fora, acha feio e até sujo. Por dentro não é muito diferente, hahaha! Decoração cafona e até bizarra! Esperamos 20 minutos na fila por uma mesa, meu marido já estava de de saco cheio. Mas insisti muito e conseguimos almoçar. Conseguimos uma mesa no subsolo e ali ficamos sem hora pra sair. Conhecemos alguns brasileiros e até um casal americano muito simpático.

IMG_1075

As empanadas são realmente MARAVILHOSAS! Comi duas assadas de carne e pra beber pedi uma jarra pequena de sangria, igualmente deliciosa e geladinha. Garçom muito simpático e atencioso, nos disse que são vendidas 1500 empanadas por dia! Peeeeeeensa… Meu marido comeu empanadas fritas, tipo pastel, muito gostosas também. Cada empanada custa 17 pesos, baratinho, né?

IMG_1078
(Comer bem e gastar pouco, é aqui!)
IMG_1076
IMG_1077

Quanta comilança, hein? A minha sorte foi que caminhei muito nessa viagem, hahaha…

Pertinho do nosso hotel, tinha um Freddo. Pra quem não conhece, são os mais famosos (e melhores) sorvetes da Argentina. Aqui em Brasília tem no shopping Iguatemi e acredita que NUNCA tomei? Hahaha, parece que não tem a mesma graça! Pra curar o “fogo” da sangria e da cerveja, passamos no Freddo e pedimos uma bola de dulce de leche, claro! O melhor de todos… Hmmmm! Tem lojas da Freddo por todo lado em Buenos Aires!

freddo

À noite, para despedirmos da tradicional parrilla argentina, fomos à uma steakhouse que adoramos, a Tucson. Pedimos bife de chorizo, carne típica argentina que pra nós é o contra-filé, extremamente macia e saborosa com batatinhas. Estava divino! Essa Tucson tem o preço razoável mas os pratos são bem servidos. No site dá pra ver o cardápio e os endereços da casa.

chorizo

No domingo, teríamos o famoso brunch do Alvear Palace Hotel, mas como amanheceu chovendo e frio e eu queria MUITO aproveitar o duty free, desmarcamos nossa reserva e fomos pro aeroporto mais cedo. Acabamos almoçando qualquer coisa por lá mesmo.

Depois de 10 mil calorias, hahahaha… Pra não acharem que só comi na viagem, passeamos a pé ainda por diversos lugares legais. Conhecemos a Recoleta praticamente inteira a pé, tem o famoso cemitério que é bacana conhecer (Eva Perón está enterrada lá), o Buenos Aires Design que é um shopping/galeria com muitas lojas de decoração e restaurantes como o Hard Rock, Tucson e Starbucks Coffee e ainda o show Fuerza Bruta. Dessa vez, não fomos em Puerto Madero e nem na Calle Florida e Galerías Pacífico. Como já fomos outras tantas vezes, dessa vez achamos melhor conhecer outros lugares. Buenos Aires também tem cassinos para quem gosta de jogar! Como não curtimos, passamos longe.

Um bairro interessante que conhecemos dessa vez foi Palermo, mais precisamente as ruas Aguirre e Córdoba. Fomos por causa dos famosos outlets de roupas e sapatos que há por lá e eu precisava comprar camisas da La Martina pro meu pai que adora a marca. Eu e meu marido não achamos nada de mais! Entramos na loja da Lacoste (só tinha brasileiros jogando roupas pra cima!) e olhando os preços, nada diferente daqui do Brasil. Inclusive tem outlet da própria Lacoste aqui pertinho de Brasília, so whatever… Vi lojas da Puma, Nike, Adidas entre outras.

SONY DSC

Bom pessoal, que eu me lembre foram esses passeios que fizemos e os restaurantes que frequentamos dessa vez em Buenos Aires. Espero que tenham gostado! 😉 Comente, dê sua dica aqui no blog e compartilhe se você conhece alguém que vai viajar pra lá. Até o próximo post!

PS: Fotos de minha autoria e algumas do Google.

Ainda não há comentários.

O que você acha?! Conta pra mim!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *